quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Lucernário - Ofício Litúrgico da Noite

Estes dias (15/02/15) aqui na cidade um amigo um amigo me falou que teria no retiro de carnaval da RCC uma cerimônia chamada Lucernário! Confesso que nunca ouvi falar, e como sou muito curioso, depois de perguntá-lo fui me aprofundar no assunto e aqui está a conclusão desta minha curiosidade! kkk

------------------------------------------



Nos primeiros tempos da Igreja, os cristãos santificavam o fim do dia com uma prece comunitária. Nos mosteiros, cantavam-se as “Véspera” ou “Completas”. Nos meios paroquiais, porém, era costume fazer o “Ofício do Lucernário” e as antigas “Vigílias”, muito frequentes, ainda, nas Igrejas Orientais.


O nome “Lucernário” faz alusão evidente às luzes que se acendiam ao findar o dia. Este rito tem a luz como centro. Os fiéis se reuniam nas igrejas para juntos fazerem a oração da noite do povo de Deus, agradecer os benefícios recebidos durante o dia e suplicar a proteção de Deus durante a noite que se iniciava.

O simbolismo da luz representa um papel importante no conteúdo das horas de Laudes e Véspera: a luz do novo dia é cantada como símbolo de Cristo ressuscitado; e as luzes que se acendem ao cair da noite recordam a luz plena e sem ocaso que é o próprio Cristo.

De fato, o início da Vigília Pascal é um vestígio do antigo Lucernário. Não se pode esquecer do papel que representa, na piedade popular, o fato de acender velas: constitui um símbolo da vida cristã que deve consumir-se dando luz e calor; e deve estar sempre pronto, como as Virgens Prudentes, com suas lâmpadas acesas.

O texto que a seguir apresentamos é uma restauração, com alguns enxertos, do “Ofício da Noite das comunidades cristãs dos primórdios da Igreja, fonte permanente da mais genuína espiritualidade e mística cristã.

------------------------------------------

Encontrei alguns documentos que trazem fórmulas de se celebrar o Lucernário! Uma delas é do link que transcrevi este texto que acabaram de ler, denominado "Lucernário - Ofício Bizantino da Noite", encontrei também este arquivo AQUI em Pdf.

Espero que tenham gostado de descobrir um pouquinho mais sobre a história da Igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Seja bem vindo (a) ao nosso cantinho de comentários!