domingo, 18 de fevereiro de 2018

Atividades de Catequese: 7º Domingo do Tempo Comum ano A


O Evangelho de Marcos (Mc. 2,1-12) que inspira essas atividades de catequese é muito inspirador, pois nos conta como que aquele grupo de homens diante de tantas e tantas pessoas não se intimidaram e movidos pela fé conseguiram fazer com que o homem paralítico e preso em cima de uma cama chegasse até Jesus.

O evangelista não nos conta maiores detalhes de quem eram aqueles homens, mas podemos supor que eram irmãos, ou mesmo parentes próximos do paralítico. Pois fizeram de tudo para poder ajuda-lo.

É isso que Jesus quer nos ensinar; que não devemos ter medo dos desafios, não devemos nos intimidar diante das dificuldades que o mundo nos impõe e que aqui no texto sagrado é representado pela multidão de pessoas que correram ao encontro de Jesus.

Pelo contrário, Jesus quer que sejamos fortes, que tenhamos fé e que prossigamos em nossos objetivos, pois Ele quer sempre nos abençoar, e se os nossos propósitos não são contra o que Deus quer de melhor para nós podemos ter a certeza que Jesus esta ao nosso lado e que o Espírito Santo vai nos guiar, por mais tortuosos e dolorosos que seja o caminho que estamos trilhando.

É por isso que sigo prosseguindo no meu caminho de evangelização publicando nossas "Sementes da fé!" e espero que essa aqui um dia lhe seja útil.

Lembrando que: Estas duas atividades de catequese foram produzidas mas não foram publicadas antes, pois 7º Domingo do Tempo Comum no ano de 2015 e 2018 cederam lugar para outra festividade no nosso calendário litúrgico.

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!




1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!

Atividades de Catequese: 2º Domingo da Quaresma ano B 2017/18

Eu confesso que sou encantado pelo espírito quaresmal! Pois a Quaresma me faz refletir todo o amor que Jesus tem por mim, e por você também é claro.

No período do Advento ouvimos a narrativa de textos bíblicos que nos dizem sobre a vinda do Messias, mas na Quarema ouvimos a narrativa de textos bíblicos que nos revelam todo o amor e o esforço que Jesus fez para nos revelar tal amor. E vale lembrar que foram esforços sobre-humanos, que tenho certeza absoluta que ser vivente algum jamais conseguirá realizar.

Hoje por exemplo, o Evangelho de São Marcos (Mc. 9,2-10) nos conta sobre a Transfiguração de Jesus! Sobre como Ele quis se revelar aos seus discípulos mostrando a eles sua verdadeira natureza e o espanto que esses três homens de fé (Pedro, Tiago e João) tiveram ao ver a glória de Deus.

Uma coisa é certa: palavras humanas jamais conseguiriam descrever tamanha glória; mas mesmo assim os Evangelistas tentaram ao máximo passar para o papel esse momento, para que nós no dia da nossa chegada ao céu não fossemos pegos de surpresa e nos assustássemos ainda mais! Porque com certeza iremos ficar sem reação, da mesma forma que os três discípulos ficaram.

Eu só rezo a Deus pedindo essa graça! E também rezo pedindo que esse meu esforço de chegar ao céu, publicando nessas simples atividades possam um dia ser úteis para vocês! Afinal como diz Santa Teresinha do Menino Jesus: "Deus não poderia me inspirar desejos irrealizáveis, portanto, posso, apesar da minha pequenez, aspirar à santidade".

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!



1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!

Fiquem com Deus e até a próxima atividade de catequese com mais uma das nossas "Sementes da fé!”. E que Deus abençoe mais este ano litúrgico que ficaremos juntos evangelizando!

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Atividades de Catequese: 1º Domingo da Quaresma ano B 2017/18

A Quaresma não é só o período litúrgico que antecede a Páscoa não! A Quaresma também é um tempo oportuno para mergulharmos na vida de Jesus e fazermos o firme propósito de seguir os seus passos. Pois na Quaresma a Igreja, através da Liturgia,  nos chama a viver as dores, os sofrimentos e a alegria da ressurreição de Jesus que é a nossa Páscoa.

Nesse Primeiro Domingo da Quaresma, por exemplo, o evangelista Marcos (Mc. 1,12-15) nos leva a recordar as dores físicas e provações que Jesus sofreu ao passar quarenta dias e quarenta noites no deserto em oração e sofrendo as tentações do Diabo.

É tão lindo saber que nós também podemos passar por essas tentações e sofrimentos e vencermos também! Afinal, se Jesus conseguiu vencer tais tentações que nem se comparam às que nós sofremos, porque nós também não teríamos condições de vencer?!... Afinal "Deus não nos da uma cruz que não podemos carregar"; e essa verdade o próprio Apóstolo São Paulo nos diz em uma de suas cartas (1Cor. 10,13).

E se a vitória sobre o pecado é para todos, porque não fazermos a nossa parte para conseguir vercê-lo e também ajudar aos nossos catequizandos a vencer também?!... Por esse motivo estou hoje publicando nossa atividade de catequese, para despertar esse desejo de vencer o mundo e o pecado e um dia chegarmos ao céu recebendo das mãos dos anjos o alimento para restaurarmos nossas forças! Assim como Jesus recebeu.

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!



1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!


Fiquem com Deus e até a próxima atividade de catequese com mais uma das nossas "Sementes da fé!”. E que Deus abençoe mais este ano litúrgico que ficaremos juntos evangelizando!

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Atividades de Catequese: 6º Domingo do Tempo Comum ano B 2017/18

Quantas e quantas vezes estamos "leprosos" por causa de nossos pecados e não agimos como o homem leproso que o Evangelho (Mc. 1,40-45) de hoje nos conta, que de alma contrita se ajoelha diante de Jesus e diz "Se queres, tens o poder de curar-me".

Temos a oportunidade de todos os dias chegarmos diante de Jesus Eucarístico e pedir perdão pelos nossos pecados implorando que Ele nos conceda a graça de não mais pecar e ofender a Deus; mas devido à nossa descrença e falta de confiança em Deus perdemos essa graça.

Tenha certeza, pois essa certeza eu também tenho, de que Jesus só quer ouvir nosso pedido para dizer "Eu quero: fica curado!". É por isso que nossa atividade de catequese de hoje trás esse tema tão lindo, pois junto com você, eu também quero levar esse amor e essa confiança aos corações de nossos catequizandos, para que a partir de já eles não tenham dúvidas de onde devem ir para pedir a graça de nunca mais pecar.

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!



1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!


Fiquem com Deus e até a próxima atividade de catequese com mais uma das nossas "Sementes da fé!”. E que Deus abençoe mais este ano litúrgico que ficaremos juntos evangelizando!

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Atividades de Catequese: Campanha da Fraternidade 2018

A Quaresma é um período tão lindo para nós católicos, pois ela nos aproxima do sofrimento de Jesus Cristo! De todo o sofrimento que Ele passou para nos salvar das garras da morte.

E pensando nos problemas sociais que nos afligem e provocam nosso afastamento de Deus, a CNBB a 54 anos nos apresenta a Campanha da Fraternidade, que nasceu do coração de alguns padres lá no Nordeste do nosso Brasil.

Esse ano a Campanha da Fraternidade nos alerta para a violência que esta assolando o Brasil e o mundo e nos apresenta meios para supera-la.

Por isso ela trás o tema “Fraternidade e superação da violência” e o tema vem do Evangelho de Mateus: “Vós sois todos irmãos” (Mt. 23,8).

E justamente pensando nesse tema tão inspirador, criei nossas "Sementes da fé!" sobre a temática da Campanha da Fraternidade. Sei que elas não ficaram da forma que eu queria, mas devido ao meu serviço e os afazeres do dia-a-dia, busquei fazer o melhor que pudia.

Espero que vocês gostem e lhes sejam úteis.

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!





1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!


Fiquem com Deus e até a próxima atividade de catequese com mais uma das nossas "Sementes da fé!”. E que Deus abençoe mais este ano litúrgico que ficaremos juntos evangelizando!

domingo, 28 de janeiro de 2018

Atividades de Catequese: 5º Domingo do Tempo Comum ano B 2017/18

Quantas e quantas vezes não nos deparamos em situações que nos fazem "ser Jesus" na vida dos irmãos e irmãs, não é verdade! Pois a nossa visita, nossas palavras de conforto e carinho reanimam aquela pessoa e dão forças para elas enfrentarem aquele momento de provação que a doença física trás, com a certeza de que mais cedo ou mais tarde estarão curados e com sua saúde reestabelecida.

Foi o que aconteceu com a sogra de Pedro e que São Marcos nos relata em seu Evangelho (Mc. 1,29-39)! Jesus foi ao encontro dela e a curou de seus males físicos, e com certeza espirituais também! E é isso que Jesus pede de cada um de nós! Que nós também saiamos ao encontro dos que estão acamados, seja por problemas físicos ou espirituais, e que levemos a Palavra de Deus aos seus corações.

É com esse desejo, de que nossos catequizandos sejam tocados pela Palavra de Deus, que publico mais essa atividade de catequese! Rezando a Deus para que eles também "sejam Jesus" na vida dos seus famíliares, amigos e na vida de todos que passarem por eles nessa vida.

Agora eu te peço: Antes de você imprimir nossas "Sementes da fé!" gostaria que você lesse primeiro o nosso termo de uso, clicando AQUI. Desde já agradeço!



1. Se você quiser saber como faz para imprimir esta atividade, é só clicar AQUI!

2. Se quiser saber como faço para configurá-las desta forma para exibir no meu blog é só clicar AQUI!


Fiquem com Deus e até a próxima atividade de catequese com mais uma das nossas "Sementes da fé!”. E que Deus abençoe mais este ano litúrgico que ficaremos juntos evangelizando!

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Campanha da Fraternidade 2018


Somos seguidores de Jesus. Mulheres e homens que renasceram em Cristo. Dele, recebemos a boa notícia de que somos filhos e filhas de Deus. Somos todos irmãos (Mt 23,8). Nascer, renascer em Cristo, maturar nele; chegar à plenitude como Ele! Somos seus discípulos, aprendizes. Uma vida inteira com os olhos fixos em Jesus (Hb 12,2). Voltados para Ele, vivendo dele, partilhamos “a sua própria santidade” (Hb 12,12). Por Ele atraídos, somos enviados como anunciadores de sua presença inaudita. Missionários como Ele, o Missionário do Pai. Discípulos e discípulas da vida plena, missionários e missionárias do Reino da verdade e da graça, da justiça, do amor e da paz. Um Reino de irmãos!

A Quaresma nos provoca e convoca à conversão, mudança de vida: cultivar o caminho do seguimento de Jesus Cristo. Os exercícios quaresmais que a Igreja propõe aos católicos são: jejum, esmola e oração. Três tentativas para nos abrirmos à graça da filiação divina. Jejum: esvaziamento, expropriação, libertação. Tudo para que sejamos um só em Cristo (G1 3,28) e Cristo seja formado em nós (G1 4,19). O jejum abre nossa pessoa para a receptividade, para a liberdade da vida em Cristo. Esmola: vida, fé partilhada. A esmola nasce da alegria de ter encontrado o tesouro escondido, a pérola preciosa (Mt 13,44-46). O amor, a misericórdia busca o outro. Tem necessidade de partilha e nos aproxima da irmandade. Oração: tocados pelo dom do anúncio, apercebidos da valiosa experiência do cuidado amoroso e misericordioso de Deus em Jesus Cristo, necessitamos de palavras e silêncio para agradecer e suplicar. Uma espécie de exposição ao dom recebido na tentativa ser atingidos com maior intensidade pelo amor e pela misericórdia.

Todos os anos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal. Um caminho pessoal, comunitário e social que visibilize a salvação paterna de Deus. “Fraternidade e superação da violência” é o tema da Campanha para a Quaresma, em 2018. O Evangelho de Mateus inspira o lema: “ Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8). A Campanha tem como objetivo geral: “Construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência”. Sofremos e estamos quase estarrecidos com a violência. Não apenas com as mortes que aumentam, mas também por ela perpassar quase todos os âmbitos da nossa sociedade. A ética que norteava as relações sociais está esquecida. Hoje, temos corrupção, morte e agressividade nos gestos e nas palavras. Assim, quase aumenta a crença em nossa incapacidade de vivermos como irmãos.

“Por ‘Violência cultural’ entendem-se as condições em razão das quais uma determinada sociedade reconhece como violência atos ou situações em que determinadas pessoas são agredidas. Criam-se processos que fazem aparecer como legítimas certas ações violentas. Elaboram-se discursos para apresentar razões e justificativas como se uma ação violenta fosse devida, uma consequência de determinadas condutas da própria pessoa que sofreu a violência. Portanto, a violência cultural não é, necessariamente, uma causa da violência direta, mas cria as condições em meio às quais chega a tornar-se difícil, para a sociedade, reconhecer um sistema como violento”.

Se partirmos do texto sagrado que indica o caminho das origens de todo o universo, ficamos admirados com a harmonia das relações: “E Deus viu que tudo era bom” (Gn 1,25). A origem do homem e da mulher são ainda mais admiráveis: “Façamos o ser humano à nossa imagem e semelhança (…). Deus criou o ser humano à sua imagem, à imagem de Deus o criou. Homem e mulher ele os criou” (Gn 1,26-27). Confiou ao homem e à mulher o cuidado e o cultivo da obra criada. E, assim, nos diz o texto que “Deus viu tudo quanto havia feito, e era muito bom” (Gn 1,31).

Há, no desabrochar e no cintilar de tudo, uma relação de amor e de cuidado. Na origem da bondade de Deus, está o sentido da obra criada e o sentido de ser pessoa. Jesus mesmo, ao ser confrontado com a separação entre o homem e a mulher, dirá: “Moisés permitiu despedir a mulher, por causa da dureza do vosso coração. Mas não foi assim desde o princípio” (Mt 19,8). No princípio, no eclodir, no dar-se, no manifestar-se, não existe divisão, desamor, violência, mas acolhimento, reverência, pertença fraterna. A violência vem depois. Nasce do esquecimento das origens, da vocação do ser humano: o amor. O esquecimento do mandamento do amor e da ética gestam e despertam violência. Os descaminhos, no entanto, podem ser superados com a volta às origens, com a reconciliação e a misericórdia. Somos chamados à superação da violência, pois somos filhos e filhas de Deus.

A Campanha da Fraternidade acontece no Ano Nacional do Laicato, que tem como tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino”, e como lema: “Sal da terra e luz do mundo (Mt 5,13-14). Uma Igreja que anuncia o Reino de Deus, o Reino da paz e da fraternidade. Os leigos e leigas, iluminados e fortificados pela Palavra e pela Eucaristia, serão luz para superar a violência e sal para temperar a fraternidade.

Maria, Mãe do Príncipe da Paz, nos acompanhe no caminho de conversão quaresmal! Jesus Cristo crucificado-ressuscitado, que transformou todas as coisas, nos ajude no caminho da superação da violência, pois somos todos irmãos.
A todos os irmãos e irmãs, todas as famílias e Comunidades, uma abençoada Páscoa!

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília

Secretário-Geral da CNBB

Fonte: Portal Kairós.

A partir do dia 30/01 clique AQUI para ter aceso às nossas atividades de catequese sobre a CF 2018!