Já conhece?!

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Nossa Senhora de Akita


Aparição de Nossa Senhora em Akita / Japão – 1973.

Onde aconteceu: No Japão.

Quando: Em 1973.

A quem: A Irmã Agnes Sasagawa Katsuko. 

Histórico. 

Akita é uma cidade situada a noroeste do Japão.

Os acontecimentos se deram num pequeno convento de Irmãs chamado de: "Instituto das Servas da Eucaristia". O instrumento que a Virgem Santíssima escolheu para transmitir Sua mensagem ao mundo, foi a Irmã Agnes Sasagawa Katsuko. Ela tinha um problema de ouvidos que por ocasião destes acontecimentos estava completamente surda.

Na capela das Irmãs há uma estátua de madeira, em que fora talhada uma Cruz (aproximadamente um metro de altura) e, em frente à cruz foi esculpida a imagem da Virgem MARIA.

No ano 1973 nos dias 12,13 e 14 de junho, a irmã Inês viu raios luminosos em roda do Sacrário. No dia 28 junho quinta-feira, uma ferida em forma de cruz apareceu na palma da mão esquerda, causando-lhe vivíssimas dores. A noite, a ferida estava seca, mas inchada; na sexta-feira de manhã, o sangue corria; no sábado o sangue parava e a chaga ficava seca.

No dia 29 sexta-feira (Festa do S. Coração de Jesus), apareceram dois anjos em volta do altar, cantando: "Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus da Glória!" Todas as religiosas viram os anjos e ouviram o canto. No dia 5 julho, a surda irmã Agnes, na capela, ouviu uma voz dulcíssima e melodiosa que vinha da imagem de madeira. 

Primeira Mensagem (dia 6 de julho de 1973). 

“Minha filha, minha noviça, você tem me obedecido bem, abandonando tudo para me seguir.

A doença em seus ouvidos é dolorosa? Sua surdez será curada, tenha certeza. A ferida em sua mão causa-lhe sofrimento? Reze em reparação pelos pecados dos homens.

Cada pessoa nesta comunidade é minha filha insubstituível.

Você reza direito a prece das Servas da Eucaristia? Então, vamos rezá-la juntas.” 

A oração: 

“Sacratíssimo Coração de Jesus, verdadeiramente presente na Sagrada Eucaristia, eu consagro meu corpo e minha alma para ser inteiramente um com Vosso Coração, sendo sacrificado a cada instante em todos os altares do mundo e dando louvor ao Pai implorando pela vinda do Seu Reino.
Por favor receba este humilde oferecimento de mim mesma. Use-me como Vós desejais para a glória do Pai e a salvação das almas.

Santíssima Mãe de Deus, nunca me deixe ficar separada de Vosso Divino Filho. Por favor defendei-me e protegei-me como Vossa Especial Filha. Amém.” 

Quando a prece acabou, a Voz Celeste disse: 

“Reze muito pelo Papa, Bispos, e Sacerdotes. Desde o seu Batismo você tem sempre rezado fielmente por eles. Continue a rezar muito... muito.

Diga ao seu superior todo que se passou hoje e obedeça-o em tudo que ele lhe dirá. Ele pediu que você ore com fervor.” 

Os sinais: 

 No dia 6 de julho, uma chaga (igual à da irmã) apareceu na mão direita da imagem de madeira e o sangue começou a escorrer. No dia 26 de julho, o sangue brotou da estátua (de Maria) e as dores da Irmã aumentaram, tornando-se quase insuportáveis.

No dia 27 julho, um anjo disse à irmã: 

"As tuas dores terminarão hoje. O derramamento de sangue de MARIA (na imagem) é para obter a vossa conversão; para implorar a paz; para reparar as ingratidões e injúrias feitas a DEUS. Reza em reparação por todos os homens." 

Segunda Mensagem (dia 3 agosto de 1973.) 

”Minha filha, minha noviça, você ama o Senhor? Se você ama o Senhor, ouça o que eu tenho a lhe dizer.

É muito importante... Você irá comunicar isso ao seu superior.

Muitos homens neste mundo afligem o Senhor. Eu desejo almas para consolá-lo, para aliviar a ira do Divino Pai. Eu desejo, com meu Filho, almas que reparem através de seu sofrimento e sua pobreza pelos pecadores e ingratos.

De modo a que o mundo possa conhecer Sua ira, o Pai Celeste está preparando para infligir um grande castigo em toda a humanidade. Com meu Filho eu tenho interferido tantas vezes para aplacar a ira do Pai.

Eu tenho evitado a vinda de calamidades oferecendo a Ele os sofrimentos de meu Filho na Cruz, Seu Precioso Sangue, e almas amadas que O consolem formando uma corte de almas vítimas. Oração, penitência e sacrifícios corajosos podem aliviar a ira do Pai. Eu desejo isto também para a sua comunidade... que ela ame a pobreza, que ela se santifique e reze em reparação pelas ingratidões e ultrajes de tantos homens.

Recitem a oração das Servas da Eucaristia com consciência do seu significado; coloquem-na em prática; ofereçam em reparação (o que quer que Deus envie) pelos pecados. Deixe cada uma esforçar-se, de acordo com sua capacidade e posição, para oferecer a si mesma ao Senhor.

Mesmo em uma instituição secular a oração é necessária. Almas que desejam orar já estão a caminho de serem reunidas. Sem prender-se demasiadamente à forma, sejam fiéis e fervorosas na oração para consolar o Mestre. 

Após um silêncio: 

”O que você está pensando em seu coração é verdade? Você está realmente decidida a tornar-se a pedra rejeitada? Minha noviça, você que deseja pertencer sem reserva ao Senhor, a tornar-se a esposa digna do Esposo, faça seus votos sabendo que você deve ser pregada à Cruz com três cravos. Estes três cravos são a pobreza, a castidade, e a obediência. Dos três, a obediência é o fundamento. Em total abandono, deixe-se guiar pelo seu superior. Ele vai saber entendê-la e dirigi-la." 

Os Sinais:





As Lágrimas escorrem do rosto da 
imagem de Nossa Senhora de Akita no Japão.



No dia 29 de setembro, a imagem irradiou raios luminosos. A chaga da irmã Agnes desapareceu totalmente. De noite, a imagem foi inundada de luz e o sangue jorrou dos seus pés; todas as religiosas foram testemunhas.

Um anjo disse:

"MARIA derrama sangue; Ela está muito triste." 

Depois, apareceu uma espécie de suor em todo o corpo da imagem e, ao mesmo tempo, a capela ficou cheia dum agradável perfume. Este perfume permaneceu durante os primeiros 15 dias do mês de outubro (mês do santo Rosário). 

Terceira Mensagem (dia 13 outubro de 1973.) 

”Minha querida filha, ouça bem ao que eu tenho a lhe dizer. Você irá informar seu superior.“ 

Após um curto silêncio: 

”Como eu lhe disse, se os homens não se arrependerem e melhorarem, o Pai irá infligir uma terrível punição a toda a humanidade. Será uma punição maior do que o dilúvio, tal como nunca se viu antes. Fogo irá cair do céu e vai eliminar uma grande parte da humanidade; os bons assim como os maus, sem poupar nem sacerdotes nem fiéis. Os sobreviventes irão ver-se tão desolados que irão invejar os mortos.

As únicas armas que irão restar para vocês serão o Rosário e o Sinal deixado pelo Meu Filho. Recitem todos os dias as orações do Rosário.

Com o Rosário, rezem pelo Papa, os bispos e os sacerdotes.

A obra do maligno vai infiltrar-se até mesmo dentro da Igreja de tal modo que se verão cardeais opondo-se a cardeais, bispos contra bispos.

Os sacerdotes que me veneram serão desprezados e combatidos pelos seus confrades... igrejas e altares saqueados. A Igreja ficará cheia daqueles que aceitam compromissos, e o demônio, vai pressionar muitos sacerdotes e almas consagradas a deixarem o serviço do Senhor.

O demônio vai ser especialmente implacável contra as almas consagradas a Deus. O pensamento da perda de tantas almas é a causa de minha tristeza.

Se os pecados aumentarem em número e gravidade, não haverá mais perdão para eles.

Com coragem, fale ao seu superior. Ele saberá como encorajar cada uma de vocês a rezar e fazer obras de reparação.

É o Bispo Ito, que dirige a sua comunidade. 

E Ela sorriu e então disse: 

Você ainda tem algo a perguntar?

Hoje é a última vez que eu vou falar com você em viva voz. De agora em diante você irá obedecer aquele que foi enviado para você e seu superior.

Reze muito as orações do Rosário. Eu sozinha ainda sou capaz de salvar vocês das calamidades que se aproximam.

Aqueles que colocarem sua confiança em mim serão salvos. 

A 13 outubro 1974, durante a Bênção do Santíssimo Sacramento, a irmã Agnes foi repentinamente curada da surdez. De noite, ela telefonou ao bispo responsável, Dom John Shojiro Ito, em Niigata (a 300 km) comunicando-lhe a notícia.

Até 15 setembro 1981, portanto, durante 6 anos e 9 meses, a Santíssima Virgem chorou 101 vezes.

O Bispo Dom John Shojiro Ito estabeleceu uma Comissão de Estudos. Amostras do "sangue", do "suor" e das "lágrimas" foram examinadas nas Universidades de Akita e Gifu.

Conclusão: são lágrimas humanas e o sangue pertence ao grupo sangüíneo 'O' .

Em 1975, a Imprensa, Rádio e TV japonesas, fizeram ampla divulgação.

(Na vila japonesa de Akita, uma estátua da Mãe, de acordo com o testemunho de mais de 500 cristãos e não-cristãos, incluindo o prefeito da cidade, budista, exalou sangue, suor e lágrimas.

Uma religiosa, Agnes Katsuko Sasagawa recebeu os estigmas e também recebeu mensagens de Nossa Senhora.) 

A Igreja aprovou as mensagens e as lacrimações da estátua como sobrenaturais. 

Abril de 1984: O Reverendíssimo John Shojiro Ito, Bispo de Niigata, Japão, após anos de investigações, após consulta com a Santa Sé de extensas investigações, declarou que os eventos de Akita, Japão são de origem sobrenatural, e autorizou para toda a diocese a veneração da Santíssima Mãe de Akita.

Esta mensagem: pede muita oração; convida a uma urgente conversão; ensina que o pecado é uma realidade, é o grande mal; pede a Reza diária do Rosário; aumenta nossa fé, confiança e amor à querida Mãe do Céu, nossa grande protetora e intercessora. 

Junho de 1988, Cidade do Vaticano: Joseph Cardeal Ratzinger, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, proferiu julgamento definitivo sobre os eventos e mensagens de Akita como confiáveis e dignos de fé.

A mensagem de Nossa Senhora revelada em Akita no Japão em 1973 a toda humanidade é forte, porém, vem mais uma vez recordar e atualizar o que Nosso Senhor nos diz no Evangelho: "Se não vos converterdes, perecereis todos do mesmo modo." (Lc 13,5)

Não nos esqueçamos, porém, de que a Virgem Santíssima promete especial proteção para os que confiarem na Sua poderosa intercessão, como nos garantiu em Fátima (Portugal, 1917):

"Por fim, o Meu Imaculado Coração Triunfará"! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Seja bem vindo (a) ao nosso cantinho de comentários!