Veja que legal!

Veja que legal!
Clica na imagem, vai! Clicaaaaa! kkk

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Natividade de Nossa Senhora – 8 de setembro


A Natividade de Nossa Senhora poderia ser chamada de “festa de aniversário de Nossa Senhora”, pois comemora o dia do Nascimento da Virgem Maria. Esta festa é comemorada no dia 8 de setembro, exatamente nove meses após a festa da Concepção de Maria, ou “Festa da Imaculada Conceição”, como é mais conhecida, celebrada no dia 8 de dezembro.

Esta festa começou a ser celebrada na cidade de Jerusalém, no Século V, como “Festa da Basílica de Santa Ana”, a mãe da Virgem Maria, aquela que deu à luz a Mãe de Jesus Cristo. E Santa Ana, claro, tem tudo a ver com a Festa da Natividade da Virgem Maria.

Santa Ana era esposa de São Joaquim. Os dois atingiram a idade avançada sem conseguirem ter filhos. Este era um grande sofrimento em suas vidas, mas eles nunca desanimaram. Mesmo tendo seu pedido aparentemente “não atendido”, nunca se revoltaram contra Deus e nem murmuravam, apesar dos olhares discriminadores de parentes, amigos e vizinhos. Com efeito, a mulher que não tinha filhos em Israel era vista como amaldiçoada por Deus.

O que ninguém suspeitava é que tudo isso fazia parte dos planos de Deus. Assim, depois de fisicamente não poderem mais gerar filhos, Santa Ana engravidou. Todos compreenderam se tratava de uma ação de Deus e que a criança, provavelmente, teria uma missão importante neste mundo, pois assim tinha acontecido com alguns profetas e reis de Israel.

E, de fato, a criança gerada na velhice desse casal abençoado viria a ser a Mãe do Salvador, a Mãe do Filho de Deus. E a Tradição diz que Maria nasceu num sábado, na casa de São Joaquim e Santa Ana, que ficava em Jerusalém, ao lado da Piscina de Betesda. E é neste mesmo local onde está construída a Basílica de Santa Ana.

Joaquim e Ana deram à menina o nome hebraico de “Mirian”, nome que quer dizer “Senhora da Luz”. Traduzido para o Latim, Mirian se transforma em “Maria”, a forma como nós conhecemos. Eles nunca poderiam imaginar que a pequena Maria se tornaria a mulher mais conhecida em todo mundo, em todos os tempos.

Sim. Maria é a mulher mais conhecida da terra, em todos os tempos. Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Loreto, Nossa Senhora Medianeira, Nossa Senhora Auxiliadora, Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora do Sorriso, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e tantos outros títulos, todos dedicados à Virgem, todos dedicados à pequena Mirian… Todos os povos da terra conhecem Nossa Senhora, Maria, a Mãe de Jesus.

Por isso, nada mais justo do que comemorar seu aniversário. E este aniversário tem que ser comemorado efusivamente. Temos que agradecer a Deus por nos ter dado Maria. Foi por ela que Jesus se encarnou, se fez homem, se fez um de nós, e habitou neste mundo. Por isso, a Virgem Maria é chamada de “Co-redentora”, pois participa ativamente da História da Salvação e da redenção da humanidade.

É interessante observar também os nove meses que existem entre a Concepção de Maria (8 de dezembro) e o seu nascimento (8 de setembro). Conservando essas festas, nós valorizamos indiretamente a vida, o feto, a gravidez. Existe uma gestação sendo comemorada indiretamente nesses nove meses. Uma vida está sendo gerada no ventre de Santa Ana, aquela que era estéril. Uma vida que vai trazer a Verdadeira Vida, Jesus Cristo, para a humanidade.

Por isso, comemoremos o aniversário de Nossa Senhora. Rezemos a ela e digamos: “Parabéns, Mãezinha do céu! Feliz aniversário! E obrigado por tudo! Gostaríamos de lhe dar um presente, mas a Senhora é quem nos dá um: seu Filho Jesus Cristo! Muito obrigado.” Agradeçamos também a Deus por nos ter dado Maria como Mãe do Salvador e como nossa Mãe. Ela nasceu no dia 8 de setembro para nos trazer vida. Nossa Senhora de todos os nomes, nascida para o nosso bem, nascida para nos trazer o Salvador, rogai por nós. Somos seus filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Seja bem vindo (a) ao nosso cantinho de comentários!