Você se lembra delas?!

Você se lembra delas?!
Confira nossas atividades de catequese!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Então é Natal!...

Chegou o Natal! Um Natal que fecha um ano difícil e repleto de provações em que nossos corações foram tentados de todas as formas possíveis colocando à prova nossa fé, amor e caridade.

Vai ser um Natal simples, sem muitas coisas na ceia natalina para comermos, nem grandes e caros presentes para oferecermos aos nossos pequenos e amigos queridos. Mas será um Natal onde teremos a certeza que a união e o amor venceram e vencerão todas as barreiras impostas pelo nosso grande inimigo que fez de um tudo para que Jesus não nascesse em nossos corações neste ano duro e difícil.

E como vai ser triste saber que ele conseguiu matar a esperança de "um dia melhor" nos corações de muitos e muitos de nossos irmãos e irmãs!... E que nesse Natal Jesus não vai encontrar morada deixando São José ainda mais preocupado e angustiado só contando com o carinho e conforto da Virgem Maria.

Essa realidade esta expressa na gravura acima! Reparem na expressão triste e abatida do jumentinho, que retrata a passagem que diz que a Sagrada Família ao chegar em Belém não encontra abrigo para passar a noite; mas que é consolada pelo amor que Deus tem por eles. Amor esse que é representado pela luz da estrela que consola e fortalece a Virgem Maria e São José e coroado pelo coração.

Muitos de nós podemos nos sentir assim: desamparados, desprotegidos, inseguros com o futuro. Mas Deus nos consola, nos conforta; dando tudo que precisamos para sermos felizes! Nunca a mais e nunca a menos do que precisamos! Só precisamos abrir nosso coração e compreender essa verdade que renova nossa fé e esperança.

Talvez a mesma esperança que nossos irmãos e irmãs tiveram ao passar o primeiro Natal junto da imagem de Nossa Senhora Aparecida a 300 anos atrás, tento a certeza que teriam uma vida diferente, porque agora mais do que nunca contavam com a proteção da Virgem Maria que foi até eles de forma tão simples através de uma imagem mais simples ainda.

É lindo ver e sentir que hoje, nas vésperas de comemorarmos, trezentos anos após sua aparição,  a mesma Mãe Aparecida vem ao nosso encontro renovando a nossa fé e nossas esperanças em um período que o Brasil passa por tantas dificuldades; uma nova espécie de escravidão onde leis injustas - talvez necessárias - mas ainda sim injustas são aprovadas no calar da noite e todos nós somos levados entre correntes para uma prisão que fere a nossa dignidade enquanto pessoas e filhos de Deus.

Hoje somos todos Zacarias, aquele escravo que foi liberto por Nossa Senhora; e temos a certeza que ela também nos libertará das correntes que nos foram impostas por esse mundo tão injusto! Porque ela e mãe e ouve o apelo de seus filhos e sente a dor que nos consome.

E posso dizer com toda alegria e certeza que há em meu coração: "Como é bom viver nessa simplicidade do Natal!". Simplicidade que pude comprovar em nossa Novena de Natal realizada nas casas e nos olhares de alegria das famílias que nos acolheram! Simplicidade na forma com que nos colocamos a caminho anunciando a chegada do Reino de Deus; da mesma forma que a Virgem Maria foi ao encontro de Santa Isabel! E juntos pudemos glorificar a Deus com nossas vidas e orações.

Agora eu te pergunto: Então é Natal, e o que você fez?...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Seja bem vindo (a) ao nosso cantinho de comentários!